Bruschetta

[print_link] | [email_link]

Eu não gosto de almoçar sozinha, de jeito nenhum; café-da-manhã e jantar não ligo, às vezes até gosto de fazer uma dessas refeições sozinha ou apenas em companhia de um bom livro ou programa de televisão. Mas almoço não dá, almoço pede gente. Acho que essa minha necessidade de ter alguém pra almoçar ou pelo menos sentar-se comigo vem da época em que morava na casa da minha avó – dos meus 6 aos quase 12 anos. Nós morávamos muito longe da escola na qual eu estudava e por causa disso eu era sempre a primeira a ser pega pelo ônibus fretado que me levava, o que me obrigava a almoçar por volta das 11h, muito mais cedo do que o resto dos moradores da casa. Mesmo assim minha avó se sentava à mesa comigo e me contava histórias enquanto eu comia, histórias da infância da minha mãe e dos meus tios, histórias que ela tinha lido, histórias das óperas que ouvíamos nas noites de sexta-feira e muitas outras. Dá pra entender o meu profundo desgosto pela falta de companhia humana na hora do almoço, né?

Acontece que, por causa da profissão, eu tenho uns horários meio malucos e nem sempre é possível arranjar quem queira almoçar ou esteja livre para fazer companhia às 15h, de modo que muitas vezes acabo almoçando sozinha mesmo. Assim sendo, tento fazer disto não um problema mas um momento o mais agradável possível. Às vezes, enquanto espero a comida esquentar ou terminar de assar, aproveito que tenho um fogão de dois fornos e faço uma porção de bruschettas de aperitivo.

Para se mimar também você vai precisar de:

– fatias grossas de pão italiano, mais ou menos um dedo e meio de espessura;

– um tomate;

– azeite de boa qualidade (eu uso o Galo extra-virgem);

– sal;

– folhinhas de manjericão.

Pré-aqueça o forno em temperatura média e enquanto ele esquenta vá cortando as fatias de pão. Disponha-as sobre uma assadeira e cubra-as com bastante azeite, não tenha dó de gastár o azeite. Coloque no forno por uns 10 minutos. Enquanto os pães esquentam, corte o tomate em cubinhos bem pequeninos e separe as folhinhas de manjericão. Depois de tirar os pães do forno é só cubri-los com os tomatinhos, o manjericão e sal a gosto. Dilíça!

bruschettas de tomate

Fácil fácil de fazer e muito gostoso de fazer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre Ângela

Professora, mestranda e dona de casa. Ou seja, a pessoa que, na concepção dos outros, menos trabalha no mundo.

Comentários

  1. Oiii.. vc e suas receitas de dar água na boca! Eu costumo fazer torradinhas de pão italiano com azeite e parmesão fresco ralado… um tudo!

    Almoçar sozinha eu nem ligo, mas jantar sozinha ahhhhh.. odeio!

    bjos

  2. Ângela diz:

    Eu sempre jantei sozinha desde que fui morar sozinha, então acabei me acostumando e geralmente tinha a novela pra fazer companhia, aí ficava mais fácil =)

Trackbacks

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Lili Bollero, Pitadinha. Pitadinha said: Eu morrendo de fome e vejo a foto das bruschettas lindas da @angelagolds http://goo.gl/4FOek […]

Deixe o seu comentário

*

css.php