Angel’s food cake

[print_link] | [email_link]

Eu sempre via a receita desse bolo e achava que deveria ser bem gostoso, mas acabava desanimando quando via a quantidade de claras que era necessária: 12. Em circunstâncias normais, nondjé que eu vou arrumar 12 claras? Não que seja impossível, mas o que fazer com as 12 gemas que restariam? Haja gemada, quindim e fios de ovos,  né?

Felizmente, no último domingo minha mãe resolveu fazer fios de ovos e usou umas cinco dúzias deles na empreitada, o que me garantiu as doze claras com folga e até um certo estoque delas. Enfim, munida das doze claras e de um frasquinho de cremor de tártaro, fui atrás de uma receita. Encontrei uma que me agradou neste site: Recipes 4 cakes

Não é uma massa difícil de ser feita, o tchans da coisa toda é o cremor de tártaro, que é uma espécie de fermento e deixa as claras em neve bem durinhas, garantindo a firmeza do bolo. Achar o cremor já não foi tão fácil assim, em São Paulo só consegui encontrar no Santa Luzia e no quiosque da Bombay do shopping Morumbi. Sem contar que estes foram os únicos lugares em que não me ofereceram molho tártaro pensando que era a mesma coisa.

Se você achar que deve, ou não se importar em gastar o dinheiro, pode comprar uma forma específica para fazer o Angel’s Food Cake. Eu acho desnecessário, uma vez que uma forma de buraco no meio daquelas que todo mundo tem em casa, dá conta do recado. No meu caso precisei usar duas destas pois as que eu tinha em casa eram pequenas e a receita rende pacas, dá pra fazer metade tranquilamente. O diferencial dessa forma de buraco no meio para todas as outras, são uns pezinhos que ela tem na ponta e que servem para apoiá-la enquanto o bolo esfria. O Angel’s food precisa esfriar na forma de cabeça para baixo, não pode ser de outro jeito, senão ele afunda. Caso você seja meio mão de vaca, é só deixar a forma apoiada em algum lugar enquanto esfria.

As formas esfriando em cima da bancada. Podem ser apoiadas entre duas tábuas, por exemplo.

O bolo já pronto na mesa do jardim. Ficou bem gostoso!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre Ângela

Professora, mestranda e dona de casa. Ou seja, a pessoa que, na concepção dos outros, menos trabalha no mundo.

Comentários

  1. Huuummmm, parece delicioso! Aqui se faz um bolo semelhante na virada do ano chamado de Vassilopita, porque Papai Noel em grego é São Basílio, ou Agios Vassilios, daí Vassilopita, a torta para o Agios Vassílios, enfeitada com a da sua foto e, em cima, escreve-se o ano, por exemplo, 2011, com passar ou qualquer outro enfeite. Antes de ir ao forno, a dona-de-casa coloca uma moeda na massa e, ao cortar, quem a achar em seu pedaço terá sorte o ano inteiro!
    Um feliz Natal com muito bolo, hehehe!
    Bj
    Adri

  2. Ângela diz:

    Que linda tradição, Adri!! Adoro essa história de coisas escondidas no bolo =)
    Coloca a receita no Caixinha, tenho certeza que vai ser sucesso!
    Bjs!

  3. Tatiane diz:

    Estou tentando fazer esse bolo faz tempo viu…. comia nos EUA e amava, voltei para o Brasil e nao encontro creamor de tartaro em lugar nenhum! Vou ver nos lugares qu vc disse… mas minha duvida… e a cake flour?!?! Voce usou o que? Farinha comum?

  4. Ângela diz:

    Usei a farinha comum mesmo, já que a tal da cake flour não encontrei no Brasil. Eu nunca comi esse bolo nos EUA, então não saberia te dizer se essa substituição alterou o sabor ou a consistência do bolo. Mas, de qualquer maneira, ele fica bem gostoso!

  5. Eliana diz:

    Cremor de tártaro é encontrado em lojas de artigos para confeitaria como Chocolandia, Bondinho entre muitas outras.

Deixe o seu comentário

*

css.php