Quiche de tomate pra tirar urucubaca

[print_link] | [email_link]

Esses últimos dias andam brabos. Primeiro foi o motor do carro que começou a esquentar, depois foi a KitchenAid que resolveu soltar um parafuso e agora não vejo qualquer alteração de velocidade a partir do grau 6 (ela vai até o 10), e agora cheguei em casa pra descobrir que a lavadora simplesmente resolveu que não liga mais. Daí que não tinha nada pronto pra comer na geladeira e eu resolvi fazer um quiche pra ver se a nhaca passava.

Usei como base esta receita da Rita do Panelinha. Já fiz várias vezes adaptando recheios diferentes e sempre dá muito certo. A massa é simplesmente deliciosa, assa à perfeição e pro recheio é só soltar a criatividade.

Pra rechear a de hoje foi com o que havia na geladeira:

– Quatro tomates picados em cubinhos;

– Um pouco de shitake reidratado – meia xícara? uma xícara?

– Um pouco de queijo gouda cortado em cubinhos – meia xícara? uma xícara?

– 300ml de creme de leite

– 3 ovos

– alecrim seco – uma colher de sopa? duas?

Enquanto a massa descansava lindona na geladeira – e nesse momento peço para fazer uma digressão e dizer que eu me sinto, assim, uma cozinheira tão competente quando forro uma forma de torta, dá um orgulho de mim mesma que é uma coisa – preparei o recheio e deixei o forno pre-aquecendo a 180 graus. Cortei os tomates e  o queijo e misturei o creme de leite aos ovos até ficar uma mistura homogênea. Reidratei o shitake e depois refoguei com uma colher de sopa de azeite e alecrim.

Tirei a forma forrada da geladeira – querendo mostrar pra todo mundo dizendo: fui eu que fiz! – e coloquei primeiro o tomate, depois o shitake, o queijo e por último a mistura creme e ovos. De lá, djá pro forno por meia hora ou até o recheio estar firme o suficiente.

Ainda soltando fumacinhas... Adoro torta quente

Um pouco da nhaca passou, agora é só torcer pra não chover!

Aos que virão aqui falar: “Mas é A quiche” eu já me adianto dizendo que pra mim não e digo isso com fundamentos linguísticos! Quiche vem do alemão Kuchen (bolo), que é uma palavra masculina, portanto é O quiche.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre Ângela

Professora, mestranda e dona de casa. Ou seja, a pessoa que, na concepção dos outros, menos trabalha no mundo.

Comentários

  1. antonio celso ribeiro diz:

    legal o seu site, mas permita-me uma correção: quiche é uma palavra francesa e consta no dicionário Aurélio como sendo um substantivo feminino. Portanto é “A quiche”.
    Abraços e sucessos.

Deixe o seu comentário

*

css.php