Madeleines

[print_link] | [email_link]

Em abril estive no Chile, em Santiago, visitando uma amiga e aproveitei para ir a uma loja de utensílios de cozinha muito bacana, a Veronica Blackburn. Fica no bairro de Las Condes e você pode visitar o site da loja e babar aqui. Lá eu finalmente encontrei uma coisa que eu queria há muito tempo, forminhas de madeleines! Minha mãe me emprestou um livro de culinária francesa maravilhoso que tinha a receita e a tontona aqui foi tentar assá-las em forma de cupcakes, é óbvio que não deu certo. Como no Brasil eu só encontrei formas de silicone e eu não gosto de formas de silicone, acabei abortando o projeto madeleines.

A que eu comprei é de metal com anti-aderente e é excelente!

Essa de metal com anti-aderente me pareceu uma boa opção e custou por volta de R$30,00. Meu maior arrependimento foi ter trazido só uma, já que a receita que eu tenho rende 24 bolinhos e não 12. É lógico que eu também posso fazer apenas meia receita, mas aí sobra menAs pros amigos.

A primeira vez que comi as tais, foi em Paris em 2007. Precisava de troco pra comprar o bilhete do metrô e aí acabei comprando um pacote delas muito influenciada por Marcel Proust – que eu nunca li, mas de quem muito já ouvi falar. Comi a primeira meio por fome, meio por curiosidade e foi amor à primeira mordida. Depois disso achei a receita num livro bacanudo de culinária francesa do acervo da minha mãe e elas não deram muito certo por causa da forma errada. Tendo a forma certa a coisa muda de figura e elas saem ótemas! Bora fazer?

Você vai precisar de:

cinco ovos;

200g de açúcar;

5g de fermento (minha balança não mede quantidades tão pequenas, então usei uma colher de chá);

200g de manteiga;

2 gotas de essência de baunilha

1/4 de colher de chá de água de flor de laranjeira (eu usei meia);

uma pitadinha de sal.

Derreta a manteiga em fogo muito brando, enquanto isso misture a farinha com o fermento. Bata os ovos com a o açúcar até obter uma mistura cremosa e homogênea, junte o sal, a baunilha e a água de flor de laranjeira.Incorpore a farinha e por fim junte a manteiga que deve estar morna. Misture delicadamente. Leve ao forno pré-aquecido a 210 graus por 10 minutos. Desenforme e deixe esfriar.

Eu precisei fazer duas levas por causa da única forma, o que foi meio trabalhoso, mas deu muito certo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre Ângela

Professora, mestranda e dona de casa. Ou seja, a pessoa que, na concepção dos outros, menos trabalha no mundo.

Comentários

  1. Vamos pra Santiago amanhã, depois de dias de muita comilança aqui em Montevideo…
    E, claro, vou dar um jeito de conhecer a tal lojinha!
    Bj

  2. Angelaaa, tenho uma receita óóótima, e que dá supercerto em assadeiras comuns, fica como um bolo! Vou postar! Bjs

Deixe o seu comentário

*

css.php