Bomba na cozinha da vizinha

[print_link] | [email_link]

As nossas lindas obras de arte.

Até os meus 25 anos de idade, ou sejE, até agora, eu nunca tinha tido amiga de rua. Sabe a turma do prédio, do condomínio? Pois é, nunca fiz parte dela. Não porque eu seja um ser antissocial, não sou, pelo contrário, mas nos lugares onde morei nunca existiu essa galera. Mas o mundo dos blogs é fantástico e fez com que eu me aproximasse de uma vizinha que virou amiga, sabe amiga de infância que a gente conhece depois de adulta? Essa é a Ana Sinhana. Fomos nos descobrindo no fim do ano passado e hoje em dia, vira e mexe, uma frequenta a casa da outra.

Já fiz Angel’s Food Cake e Bolo de Maçã pra ela e já fizemos juntas um maravilhoso Boston Cream Pie, Manteiga e, mais recentemente, Bombas! Foi assim, na sexta fui à casa dela pra fazermos manteiga, já que nós duas nutrimos uma paixão insana por creme de leite fresco – aquele lindo – e aí continuamos vendo os livros de receita procurando uma maneira de empregar aquela coisa maravilhosa que ficou nossa manteiga. Olha daqui, olha de lá e pumba! Achei uma foto lindíssima de umas bombas recheadas com chantilly e framboesas coberta com glacê rosa. Na hora minha boca encheu-se d’água e quando a Ana perguntou: E aí? Achou alguma coisa interessante?” eu mostrei a foto com uma cara meio desolada e falei: “Achar eu achei, mas o duro vai ser arrumar as framboesas, né? Nem sei onde tem pra comprar.” Vocês têm fada madrinha? Eu tenho, é a Ana, e digo que ela é mil vezes melhor que a da Cinderella. Ela simplesmente olhou pra mim e falou como se fosse a coisa mais natural do mundo, como se eu tivesse dito que o que faltava pra fazer era água e que era só pegar da torneira, e falou: “O problema é esse? No quintal tem um pé cheio.”

Eu e a minha Fada Madrinha das framboesas

Pára tudo! QUEM tem um pé de framboesas no quintal? Quem?? Cheio ainda por cima! Como se estivesse esperando por nós, o bonitão estava carregado daquelas frutinhas vermelhas, lindas, fofinhas e cuti-cuti. Foi só ir lá colhê-las que o preparo e o sucesso da nossa sobremesa estava garantido.

E quem diria que fazer bombas seria uma coisa assim simples? Eu tinha pra mim que era uma daquelas coisas super complicadas, que requer a maior técnica e só é executada à perfeição por pâtissiers experientíssimos. Quer dizer, a primeira tentativa foi frustrada e virou um mexidão de ovo que me desanimou um pouco, mas a segunda foi sucesso! É tão, mas tão fácil de fazer que eu já memorizei a receita e agora saio contando pra todo mundo, muito serelepe, que eu sei fazer éclairs. E você também pode aprender! Como? É só pegar a receita no site da Ana e correr pra cozinha. Vem, gente!

*As fotos foram gentilmente cedidas pela Ana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre Ângela

Professora, mestranda e dona de casa. Ou seja, a pessoa que, na concepção dos outros, menos trabalha no mundo.

Comentários

  1. Hahaha! Fada madrinha das framboesas foi boa!
    E o sucesso foi tanto que eu até esqueci de contar do mexidão lá no blog!
    Adorei, vizinha!
    bj

  2. Ângela diz:

    O mexidão foi inesquecível, daquelas grandes lições da vida: ovo, quando em contato com calor, cozinha.
    Bjs!

  3. Gente, a foto mostra essa amizade que parece de infância. Fiquei emocionada com a foto de amizade. Hummm, que gostoso esse lanche. Também ganhei uma amiga e vizinha através do blog, a Ruby, adoro tomar café com ela e passear, é muito bom.
    Não achei onde seguir o seu, como faz? Vou voltar sempre. Tenho um blog passa lá, sou dona de casa, e adoro essa profissão.
    Beijocas, Kátima.

  4. Ângela diz:

    OI Kátima!
    Para seguir o blog você pode assinar o feed, o ícone pra isso fica alí do lado do passarinho do twitter, no canto direito superior, é a caixinha laranja.
    Seja bem vinda e volte sempre!
    Beijo

  5. Oi Ângela!!! Descobri seu blog e que delicias hein!! Adorei !! Fiquei querendo ter uma vizinha com pé de framboesas cheiosssss! Aqui em Maceió é difícil encontrar framboesas, amoras, cerejas frescas….rsrs Beijos , Tereza

  6. Ângela diz:

    Oi Tereza!
    Seja bem vinda, que bom que gostou do blog!
    Ah, em Maceió você não acha framboesa, mas tem tantas outras coisas gostosas que a gente não tem aqui em São Paulo…
    Beijo!

  7. Adriana diz:

    Ah, eu também quero um pé de framboesa no meu jardim!
    E quando vou conhecer a Ana?

  8. Ângela diz:

    Você tem um pé de framboesa no jardim e nunca me contou? Eu já comi as mixiricas e eram muito boas =)

    Da próxima ve que vc for em casa armamos um encontro! Vcs vão se dar super bem!

Deixe o seu comentário

*

css.php