Waffles pra uma manhã de domingo

[print_link] | [email_link]

Quando eu era criança vivia pedindo pro meu pai fazer waffles pra mim e ele nunca queria, alegando que dava muito trabalho pra limpar a chapa depois. Na época eu achava só que era muito chato da parte dele não fazê-los pra mim, mas hoje em dia, lembrando que a máquina dele não tinha teflon, eu penso como deveria ser mesmo muito trabalhoso ficar limpando aquele quadriculado que, inevitavelmente, ficava cheio de massa… Mas aí, em 2007, eu comprei uma máquina pra mim, devidamente revestida de teflon e, portanto, bem tranquila de limpar.

Desde que a comprei faço waffles com uma certa regularidade, mas achava a receita que veio junto com o manual de instruções meio sem graça; eles não ficavam macios e fofinhos. Até que semana passada encontrei uma no Dona Benta, que ganhei de presente da Carol. Ainda não tinha me aventurado por nenhuma receita desse livro e já estava começando a me envergonhar da falta de consideração por um dos principais de livros de culinária da minha estante. Acho que toda mulher brasileira tem um em casa, tem não?

Macios, fofinhos e muito saborosos

Fui na receita de “Waffles Clássicos” pra não ter erro e preciso dizer que a antiga foi definitivamente aposentada. Para ter waflles quentinhos, gostosos e fofinhos, você vai precisar de:

2 xícaras de farinha;

1 colher de sopa de açúcar;

2 colheres de sopa de fermento em pó;

3 gemas;

3 claras batidas em neve;

4 colheres de sopa de manteiga derretida;

1 e 3/4 de xícara de leite (eu estava sem leite então usei buttermilk mesmo);

1/2 colher de chá de sal.

Peneire os ingredientes secos em uma tigela e reserve. Em outra tigela misture as gemas com o leite e a manteiga derretida. Despeje sobre a mistura dos secos e rapidamente incorpore os ingredientes. A massa deve ficar com grumos, se misturada em excesso pode resultar em waffles pesados. Delicadamente, acrescente as claras batidas em neve.

Com uma concha, coloque na máquina e siga as instruções do fabricante.

Eu sempre faço toda massa de uma só vez, mesmo que não vá comê-los todos naquele momento. Os que sobram vão pra geladeira e depois são esquentados na torradeira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre Ângela

Professora, mestranda e dona de casa. Ou seja, a pessoa que, na concepção dos outros, menos trabalha no mundo.

Comentários

  1. Déborah diz:

    Noooossa, que delícia!

    Adoro isso! E essa foto está com uma cara de “morra de vontade!” Hehehehe!

    Boa semana!!!

  2. Nossa, a pergunta é: COMO VC TINHA BUTTERMILK, MAS NÃO TINHA LEITE?
    rs

    Um beijo

    Ivy

  3. Entendi… NOSSA… Esse deve ter ficado o melhor waffle do universo. Socorro.

  4. Ângela diz:

    Oi Ivy!
    Eu tinha buttermilk que sobrou da última vez que fiz manteiga. =)

    Beijo

  5. Ângela diz:

    Oi Déborah!
    Fiquei super satisfeita com a receita da Dona Benta, viu? Os waffles ficaram super macios! Uma delícia!

  6. Carol diz:

    Sou euuuuu =)

    E o melhor livro de receitas do mundo =)

    Eu aprendi a cozinhar com receitas dele, então para mim sempre será o melhor.

    Mas eu gosto das dicas que tem, de medidas, de temperos e tudo mais. =)

    Fooooome (sempre passando fome e com falta de comida na dispensa =/)

  7. Nicole diz:

    amo waffles ! uso a maquina do shoptime, a massa dura uns 3 dias na geladeira, dai eu não resisto e acabo fazendo um pro lanche da tarde, outro pro da noite… eu e minhas gordices 😛 e ah, gosto de colocar pedaços de banana e de chocolate na massa, fica muito bom !

  8. Andresa Freitas diz:

    Olá, adorei a dica, sou dona de casa e mãe me identifiquei com o seu perfil !!! Estou pesquisando uma máquina de waffles e gostaria de saber a marca da sua. Muito obrigada.

  9. Ângela diz:

    Oi, Andressa. A minha máquina é da “Toastmaster”. Sei que a Cuisinart também tem.

  10. Regina diz:

    Olá, quanto tempo os waffles ficam na máquina aproximadamente?

Deixe o seu comentário

*

css.php