Vocabulário familiar

[print_link] | [email_link]

Apesar de não ter filhos e nem planejá-los para um futuro próximo, existem uns blogs de mãe que eu gosto muito de ler, como o Pequeno Guia Prático Para Mães Sem Prática e o Carol e suas baby-bobeiras. Gosto muito dos textos das duas e outro dia li um texto ótimo da Mari, que escreve o Pequeno Guia, sobre vocabulário familiar. Sabem aquelas palavras que existem apenas nas nossas famílias? Ou cujo significado foi alterado por nós com o passar dos anos?

Lembrei disso enquanto lia sobre um método de arrumação da casa chamado FLY (Finally Love Yourself) que consiste em ir arrumando a casa por etapas. Cada semana do mês fica dedicada a um cômodo da casa e as tarefas vão sendo feitas aos poucos, de modo que você não precisa esperar o sábado pra fazer o faxinão geral e perder um dia do precioso fim-de-semana. Neste processo de rearrumação interno e externo em que me encontro, achei que seria bom tentar um que tivesse método, pelo menos pra arrumação da casa.

Enfim, enquanto lia sobre o FLY me deparei com o termo hotspot, que é aquele lugar da casa que tende a acumular coisas várias: chaveiros, celulares, contas, papéis, lembrancinha de casamento que você foi e não sabe onde colocar, correspondências de todos os tipos etc.. Quando eu era pequena e morava com a minha avó, tinha um móvel na sala de TV que reunia todas as características supracitadas e que era carinhosamente chamado de Playcenter. A primeira vez em que ouvi chamarem-no assim eu não entendi, fiquei pensando no parque de diversões da Marginal Tietê que eu achava o máximo.

Acabou que virou também Playcenter a escrivaninha bagunçada que ficava no corredor da casa em que morei com a minha mãe durante a adolescência. O grande problema é que no meu apartamento, o móvel que chamou pra si a bagunceira toda é a mesa de jantar. Socorro! A meta para a segunda-feira é dar uma rearranjada na bagunceira toda e eleger um novo Playcenter.

E vocês? Têm Playcenter em casa? Têm alguma palavra muito característica cujo significado só é entendido no âmbito familiar? Minha mãe se lembrou de que quando eu era pequena chamava coador (ou peneira) de “michiró” e que por um bom tempo o termo permaneceu no nosso vocabulário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre Ângela

Professora, mestranda e dona de casa. Ou seja, a pessoa que, na concepção dos outros, menos trabalha no mundo.

Deixe o seu comentário

*

css.php