Suspiros

[print_link] | [email_link]

Suspiros

Eu sempre achei que fazer suspiros fosse dificílimo, dessas artes que só as avós podem dominar pois já tiveram tempo e experiência suficientes para isso. Até o dia em que eu resolvi me meter a fazê-los e descobrir que não, que é até que bem fácil. Mas também aprendi, com a experiência da repetição, que dias chuvosos não são dias de suspiro, por conta da umidade que dificulta o processo de assar.

Outra coisa que eu descobri ser não fundamental, mas quase, é o uso do silpat para que eles não grudem na assadeira. Dá pra usar papel manteiga também, mas prefiro o tapetinho de silicone.

A proporção para os suspiros é de duas colheres de sopa de açúcar e 1/4 de colherinha de chá de baunilha para cada clara e você usa quantas claras quiser. Uma dica é dar uma amornada nas claras antes de começar a batê-las, mas bem de leve e olho vivo nelas enquanto estiverem no fogo, se não elas cozinham e você as perde! O forno deve estar na temperatura mais baixa possível e ser pré-aquecido, o ideal é ligá-lo na hora em que começar a bater as claras em neve, que devem ficar bem durinhas.

O tempo de assar não é muito preciso, mas cerca de meia hora costuma ser suficiente para que eles fiquem durinhos e levemente dourados. Eu costumo deixar uma colher de pau entre a porta e o forno, para que ele não feche completamente e a temperatura fique bem baixinha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre Ângela

Professora, mestranda e dona de casa. Ou seja, a pessoa que, na concepção dos outros, menos trabalha no mundo.

Deixe o seu comentário

*

css.php