Eu não sei fazer quindim

[print_link] | [email_link]

Tem amiga que vem aqui e acha que basta eu encontrar uma receita, me propor a fazê-la e o sucesso será certo. Quem dera! O que acontece é que ninguém quer vir aqui ler a respeito dos meus fracassos na cozinha, oras! O que eu já fiz de pão que queimou, ficou muito salgado, queimou por fora e não assou por dentro, bolo que não cresceu, carne que ficou dura… ih, a lista é vasta, vastíssima. Mas é que é chato pacas ler lamentação alheia, daí eu não escrever muito a respeito do assunto. Só que com o quindim, ah… o quindim!, com esse foi diferente e eu me senti na obrigação de vir aqui fazer o desabafo que me é de direito.
Faz um tempinho que eu estou na onda do quindim, já disse aqui que sou dada a obsessões, e a da vez é o tal docinho luso-tupiniquim. Parti, então, em busca de uma receita que não fosse muito difícil de fazer e que tivesse um bom resultado. Meu maior problema é uma quase total escassez de livros de receitas brasileiros, eu ainda prefiro livros à internet, em meio a uma enorme quantidade de volumes que contém receitas kasher. Fui procurar no Dona Benta, encontrei uma e o resultado foi um total e completo desastre apesar do meu empenho e boa vontade.

coco frescoCoco ralado
Passei na quitanda perto de casa, comprei coco fresco, cortei em pedaços e passei no processador para deixá-lo bem miudinho, daquele tipo de coisa que a gente só faz por muito amor a uma receita, até ovos orgânicos eu trouxe. Mas já fui imaginando que poderia ter alguma coisa de errado com a receita quando vi que um dos ingredientes era farinha e as gemas precisavam ser rapidamente cozidas antes de tudo ir ao forno. Como eu nunca tinha feito quindim na minha vida, achei por bem relevar. Afinal de contas, quem sou eu pra contestar a sabedoria de Dona Benta, não é mesmo?

quindim

Olhando para esta foto e sendo sincero, querido leitor, você me diria que essa leva de quindins seria um fracasso retumbante? Não parece, não é mesmo? Tá com cara de que vai dar tudo certo e você terá uma sobremesa gostosa em plena terça-feira útil, ao contrário de algumas receitas que já fiz, as quais era só bater o olho antes mesmo da coisa ir pro forno pra saber “hm… isso aí não vai é dar em nada!” E é aqui que entra um dos grandes problemas do Dona Benta, as instruções costumam ser bastante vagas e isso dá muita margem para interpretação. A gente fica sem saber se é forno alto ou baixo, se precisa banho maria ou não (apesar que, no caso do quindim, isso é senso comum), quanto tempo de forno… Confiei no meu taco de cozinheira mais ou menos experiente e entreguei nas mãos de D’us.

Ficou tão ruim que eu nem tirei foto do resultado. O gosto não estava dos piores, mas dava pra sentir a farinha. Desastre. Total. Mas eu sou brasileira e não desisto nunca, de modo que fui procurar a receita do Alex Atala – dá licença de eu me gabar e dizer que ganhei o livro do D.O.M. de presente de aniversário e ele é lindo – crente que essa não teria erro. Ai como a gente gosta de se enganar, né?

Repeti todo o mesmo processo de comprar o coco fresco, ralar, separar os ovos orgânicos, misturar tudo com muito amor e carinho… Dessa vez as instruções eram mais precisas, então foi mais fácil de seguir, até mesmo a parte de deixar o forno a 90 graus – só questão de colocar uma colher de pau na porta e deixar um vão. O tempo de forno? 10 a 15 minutinhos. Fiquei feliz que logo mais ia poder mandar um quindinzinho pra dentro da barriga. Rá rá rá! Passado esse tempo fui vê-los e eles estavam molenguinhas molenguinhas, fué fué fué… Deixei mais 10 minutos, nada; mais dez, nada. Os dez minutos a mais viraram uma hora e nada do quindim firmar. Ódjo!

Por fim deixei a assadeira com um nada de água no fundo, o forno no dobro da temperatura recomendada e lá eles ficaram por meia hora. Passaram do ponto.  Ficou menos pior do que o primeiro. Mas mesmo assim, isso lá é quindim que se apresente?

quindim

Então é isso, sigo em busca de uma boa e infalível receita de quindim para saciar meu paladar. Enquanto isso não acontece lanço a campanha: Alex Atala, me convide para comer um quindim no DOM!

 

E você, gata? Sabe fazer quindim? Me conta? Me ensina? Me ajuda?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Sobre Ângela

Professora, mestranda e dona de casa. Ou seja, a pessoa que, na concepção dos outros, menos trabalha no mundo.

Comentários

  1. Enquanto espera o Alex convidar, e isto pode levar um tempinho, tenta de novo.
    Sinto que você está bem perto de desbancar o “Fio de Ovos” e o “Bendito Quindim”.
    😉

  2. Ana Bellé diz:

    Angela
    Não fica assim, não. Siga essa receita que vai dar certo.
    400 gr de coco ralado (grosso, não fininho)
    14 gemas
    100 gr de manteiga derretida
    500 gr de açúcar refinado
    Mistura tudo e deixa descansar por 1 hora.
    Unte as forminhas com manteiga e açúcar.
    Após o descanso, encha as forminhas, coloque em uma assadeira com água e leve ao forno pre aquecido. Nunca marquei o tempo, mas deixo no forno médio até que o coco fique pareça queimado. Retire do forno, deixe amornar e retire os quindins das forminhas.
    Espero que dê certo.
    Bj,

  3. Ângela diz:

    Obrigada pela receita, Ana! Vou testar ainda essa semana e depois te conto!
    Beijo

  4. Ângela diz:

    Oi, Edna! Imagino que dê certo sim.
    Beijo

  5. Ângela diz:

    Oremos, Tata. =)

  6. oi Ângela, apesar de não ter saído o quindim, quero dizer que adorei o post… gosto da forma como escreve e, principalmente, de sua sinceridade!…
    bjos

  7. Ângela diz:

    Oi, Lili! Obrigada pelo carinho! Beijo!

  8. É tão ruim quando acontece isso né, parece que a gente fez tudo certinho 🙁

    Aconteceu a mesma coisa comigo, tentei fazer carolinas e pão de queijo. O pão de queijo eu consegui uma receita bem facinha e deu certo, já as carolinas, fiquei com trauma hahah. Também postei os erros e acertos no meu blog > Blog da Esposa

    Beijos! amei o blog 😉

  9. Mas é assim mesmo, é errando que se aprende, lembro que quando casei meu marido amava munguzá e me pediu para fazer, foram 2 anos até ficar a maravilha que fica hoje , mas queimei muito e errei muito antes de acertar.
    Minha mãe faz um quindim dos deuses, vou ver com ela a receita e te passo.

    http://www.donadecasatambemsearruma.com.br/
    http://deusguianossospassos.blogspot.com.br/

Deixe o seu comentário

*

css.php